Greve Geral

Lambe Lambe


Multiplique esta intervenção e convoque sua cidade para a #GreveGeral.


Brigada nacional de agitação e propaganda Carlos Marighella

MANUAL DO LAMBE-LAMBE
Os Lambes são cartazes com desenhos, figuras ou frases de agitação sobre nossas ações e pautas políticas que são colocados em diferentes espaços, principalmente em muros e madeirites pelas cidades. Na sua maioria são usados tamanho A3, mas eles podem ser bem pequenos, como também gigantes. Eles podem ser bem coloridos e artístico, atuando diretamente na luta das ideias.

LOCAL: Em espaços públicos, postes, pontes, lixeiras, paredes, em empresas, viaduto, e onde seja possível dialogar com a população. Priorizar espaços de grande movimentação.

MENSAGEM: O primeiro passo é pensar a mensagem que vai ser passada sendo ela em escritas e/ou imagens, sendo elas simples e objetivas que sintetizem nosso posicionamento político em relação a determinada pauta. Podemos tentar responder algumas perguntas como: onde vamos levar esse lambe gigante? Com quem vamos dialogar? E quais são nossos objetivos com este público?

RASCUNHO: Deve ser feito em algum papel antes para que a atividade possa ser feita, importante também trabalhar a letra antes para que possamos faze-las legíveis.

PAPEL: O papel de suporte para o lambe gigante pode ser kraft (papel pardo), unindo com fita adesiva na parte de trás ou cola branca os pedaços necessários para se obter um painel do tamanho que deve ser o lambe. Na impossibilidade de usar papel kraft, podemos usar folhas de jornal atadas da mesma forma. Preparamos o painel que será o lambe gigante com uma camada de tinta de parede branca (no caso do jornal, usamos tinta suficiente para cobrir a impressão no papel).

RISCAR O LAMBE: Podemos quadricular o espaço do lambe gigante e ampliar o desenho no papel, com lápis ou giz de lousa. Caso o desenho seja difícil de ser feito à mão livre no papel, podemos usar um projetor.

PINTAR O LAMBE: depois do desenho já feito ver com que cores ele será pintado usar sempre os pinceis mais finos para traços mais definidos e os com mais densidade para pinturas maiores sendo assim usamos pinceis de todos os tamanhos dependendo muito do que e feito no lambe.

MATERIAIS: Folhas impressas com as artes; cola ou grude; luvas e pinceis (para passar a cola).


RECEITA DO GRUDE (Cola caseira)

MATERIAIS NECESSARIOS:
• 500 gramas de polvilho
• 500 gramas de soda caustica (BOA QUALIDADE)
• 3 litros de agua temperatura ambiente

COMO FAZER: Misture o polvilho em 1,5 litros de agua ate ficar homogênea, após o processo acrescentar 1,5 de agua. Por fim acrescentar a soda caustica aos poucos sempre mexendo ate dar a consistência de cola sem exageros para não ao ponto de “pão” (OBS: mexer com cabo de madeira).

COLAGEM: Na colagem deve ser utilizada brocha retangular ou vassoura, jogando a cola na parede e espalhando com a brocha. Depois posicionamos o lambe gigante e espalhamos mais uma camada de cola, certificando que não fiquem pontas soltas ou descoladas, tentando deixar o papel o menos enrugado possível.

MAPEAMENTO E SEGURANÇA: Antes de uma ação com os lambes é importante que seja feito o mapeamento do local, para evitar problemas com a segurança dos militantes e o impedimento ou repressão de policiais na ação. Colar Lambe-lambe não é crime. É um direito garantido pela Constituição Federal.

Sobre a ação de colar mensagens em si, as pessoas podem vir a ser responsabilizadas por desobediência (art. 330 Código Penal), desacato (art. 331 Cód. Penal) ou resistência (art. 329 Cód. Penal), dependendo do trato com a polícia. Em alguns casos, as pessoas também podem ser responsabilizadas por dano (art. 163 Cód. Penal), dependendo de onde e como a mensagem for afixada.